Curso avançado em Gestão de Programas

Características:

  • Código: 5PM0401
  • Duração: 100h/100PDU's
  • Local: Lisboa
  • Regime: Laboral

 

Dirigido a:

  • Gestor de Projecto com experiencia ou certificados PMP®
  • Gestores Estratégicos, de Programas, de Portfólio e Administradores
  • Profissionais que pretendam conhecer de forma completa a área de conhecimento de Gestão de Programas e que pretendam ter uma iniciação para obtenção da certificação PgMP®

Objectivos:

A Gestão de programas tem como principal objectivo retirar valor de uma gestão integrada superior a uma gestão individual de cada projecto. Partilha de recursos, gestão de capacidade, definição de benefícios, KPIs, análise de desempenho, análise de cenários, balanced score card, etc. são temas que o gestor de programas deve conhecer para levar á optimização da gestão integrada dos seus projectos por forma a aumentar a criação de valor estratégico. É objectivo compreender quais os desafios, requisitos e melhoras práticas no planeamento e implementação da Gestão de Programas.

 

Material Pedagógico:

Sessões Presenciais Versão impressa do PMBOK Intranet colaborativva de partilha de informação (manuais, slides, Multimédia, etc)

Doc. suporte

(Templates, procedimentos e exercícios simples)

Simulação online de exames

Acompanhamento online pós-curso

(4h / 30 dias)

Utilização free de ferramentas de suporte

(Wise, Risco, etc)

Doc. Suporte

(casos práticos, exercícios avançados)

Sessões especializados com Peritos internacionais

 

Conteúdo:

Módulo Contéudo Horas Tipo de Sessões

Revisão dos Standards e contextualização

Os standards do PMI de gestão de projectos, programas e portfolios serão revistos.

O ciclo de vida do programa, a gestão dos benefícios principais conceitos e os processos de gestão de programa.

O processo de certificação PgMP.

8 Teóricas

Definição e validação do programa

Percebendo a diferença entre Programa e Projectos e Portfólio e principais conceitos relacionados.

Conceber a realização de uma avaliação do programa, definindo os objectivos do programa, os requisitos e estabelecendo um guia de alto nível, para que se possa garantir o alinhamento do programa com o plano estratégico da empresa ou a missão.

Suporte a funções de análise de negócios e requisitos, identificando necessidades de mercado, para promover a oferta de programas com potencial. Definição de Drivers de Negócio (S.M.A.R.T). Viabilidade do programa.

O Charter do Programa e a “Framework” de financiamento do programa. Plano de realização de benefícios: Estimar os custos e benefícios (ROI) do programa a fim de estabelecer a viabilidade do programa e obter financiamento.

Realizar análise preliminar dos interessados através de pedido de propostas, contrato, a experiência, e a entrada de outras fontes, a fim de avaliar a posição relativa ao programa das partes interessadas. Exposição, Pontos Principais e debate dos conceitos teóricos. Simulação e diagnóstico de questões representativas desta fase do ciclo de vida do programa.

12

Teóricas

Práticas

O programa no contexto organizacional

Estabelecer alianças dentro e fora da organização, para avaliar potenciais parcerias e compromissos com o programa. Avaliar a capacidade de organização verificando com as partes envolvidas nas entregas, para que se valide o programa prioritário e o alinhamento com os objectivos estratégicos.

Solicitar autorização para continuar apresentando o programa de avaliação para aprovação às autoridades de governo da organização. Exposição, Pontos Principais e debate dos conceitos teóricos. Simulação e diagnóstico de questões representativas desta fase do ciclo de vida do programa.

12 Teórico-Práticas

Iniciação do Programa

Conceito de missão do programa, preocupações das partes interessadas e gestão das expectativas.

Estabelecimento da direcção e definição da baseline para as acções futuras.

Traduzir os objectivos estratégicos em declarações de alto nível do âmbito do projecto através da negociação com as partes interessadas, a fim de criar uma declaração do âmbito do programa.

Desenvolver um plano de milestones de alto nível, usando as metas e os objectivos do programa, as informações históricas aplicáveis, bem como outros recursos disponíveis a fim de alinhar o programa com as expectativas de patrocinadores e participantes.

Inicializar a equipa, desenvolver uma matriz de responsabilidade pela identificação e atribuição de funções do programa e as responsabilidades a fim de construir a equipa principal e para diferenciar entre o programa e os recursos dos projectos.

Estabelecer normas de gestão do projecto dentro do programa (governo, ferramentas, finanças e comunicação), utilizando as melhores práticas industriais e padrões da empresa, a fim de impulsionar a eficiência e a coerência entre os projectos. Definir critérios de medição significativo sucesso através da análise de requisitos e expectativas das partes interessadas em toda a componente de projectos, a fim de controlar com precisão o desempenho do programa.

Obter a aprovação da gestão de topo para o programa através da apresentação do Charter do Programa (com os custos de alto nível e os benefícios para a organização) para que receba autorização para prosseguir para as próximas fases.

Consolidação de conceitos, simulação e diagnóstico de questões de exame.

8 Teórico-práticas

Planeamento do Programa

Desenvolver a declaração do Âmbito detalhada do programa (PWBS), incorporando a visão do programa, objectivos, benefícios, itens fora do âmbito, cronograma, metas financeiras e outros aspectos como os legais ou de segurança.

Criação dos planos de Programa relativos aos Recursos, Qualidade, Risco e Comunicações

Optimização do plano do programa com o objectivo de obter eficiências e sinergias entre os diferentes projectos

Definir o projecto do sistema de gestão da informação (PMIS), seleccionando ferramentas e processos para partilhar conhecimento, guardar a propriedade intelectual e a documentação dos projectos componentes.

Desenvolver o plano de transição dos projectos, definindo os critérios de saída, as políticas e os processos para garantir que todas as obrigações administrativas, comerciais e contratuais vão ser cumpridas após a conclusão do programa.

Consolidação de conceitos, simulação e diagnóstico de questões de exame.

16

Teórico-práticas

Execução do Programa

Técnicas e Ferramentas de execução do programa. Consolidação dos dados do projecto e do programa.

Documentação de problemas, revisões de status, gestão dos riscos, relatórios financeiros, validação da qualidade.

A partilha e alocação de recursos de modo adequado para cumprir os objectivos do programa.

Técnicas e ferramentas de motivação das equipas. Aumentar o compromisso com os objectivos do programa, estabelecer consistência do programa de implantação de normas uniformes, recursos, infra-estruturas, ferramentas e processos de modo a permitir decisões informadas sobre o programa e os seus componentes.

Como executar os planos de programa (no que se refere à qualidade, aos riscos, à comunicação ao pessoal e a todos os outros programas complementares) usando as ferramentas identificados na fase de planeamento e auditoria dos resultados do uso destas ferramentas, para que se possa garantir os resultados do programa atendendo às expectativas das partes interessadas e às normas e regras. Aprovar o fecho dos projectos que constituem os programas, após a conclusão pelos processos e procedimentos adequados, para obter a necessária aprovação.

Consolidação de conceitos, simulação e diagnóstico de questões de exame.

12

Teórico-práticas

Controlo do Programa

Analisar as variações nos custos, prazos, qualidade e riscos, avaliando as tendências e as extrapolação a fim de identificar as acções correctivas necessárias.

Gestão as compras e fornecedores do programa

Previsão de resultados do programa através de simulações, cenários what-if e análise de causas, para que se incorporem acções correctivas no plano de gestão do programa.

Como abordar as questões relativas ao nível do programa através da identificação e selecção de um objectivo de acção, tendo em conta as restrições do programa e os objectivos e de modo a permitir o que o programa tenha continuidade.

Consolidação de conceitos, simulação e diagnóstico de questões de exame.

12

Teórico-práticas

Fecho do Programa

O fecho do programa e a execução do plano de transição.

Lições aprendidas, comparação de benefícios, análise de cenários e realinhamento estratégico.

Consolidação de conceitos, simulação e diagnóstico de questões de exame

8

Teóricas

Simulação Integrada do Exame de certificação PgMP

Simulação integral do exame. Validação e discussão dos resultados

Segunda Simulação integral do exame.

10

Práticas

Encerramento e passos seguintes

O fecho da acção de formação e preparação profissional.

A certificação PgMP e os impactos profissionais e pessoais.

2

Teóricas